6 de dez de 2009

ÉTICA X ASSÉDIO MORAL


O assédio moral dentro das organizações se dá por fatores como inveja, crenças religiosas antagônicas, preconceitos, estereótipos, diferentes formações profissionais, antipatias, conflitos pessoais, etc.. Assim, dependendo dos valores e da situação, qualquer pessoa pode vir a se tornar um agressor. A primeira providência para resolver esses conflitos deveria ser tomada pelos superiores, mas isso acaba não acontecendo pelo fato deles não saberem como lidar com a situação e até mesmo por indiferença.
Os superiores na sua grande maioria acreditam que o assedio moral é algo que não acontece na sua organização, achando que o ato de chamar um funcionário de incompetente ou chamá-lo a atenção diante de outros funcionários é normal, mas onde esta a ética do gestor? Será que ele pensa pelo menos em se colocar no lugar do funcionário, afinal, quem gosta de ser chamado a atenção ou no popular “levar grito” de chefe na frente de todos? é constrangedor, é humilhante, não é ético e principalmente é considerado assedio moral, ou seja, é um CRIME!!!!!

1 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia,

Trabalho terceirizada na agencia Prime Libero badaro alguns meses, e tem sido uma tortura chorei na primeiras semanas todos os dias mas preciso do emprego. Faço meu máximo e pensei que as coisas melhorariam , mas fazem 4 meses e nada. Gerentes de relacionamento tratam pessoas de cargos menores como assistentes de seguros, e os demais terceirizados como pessoas insignificantes. Colocando apelidos, humilhando as pessoas na frente dos outros gerentes e rindo como se eu fosse incompetente. Não aguento mais essa situação e preciso de ajuda. Muitos já desistiram e não e justo que outros passem pela mesma situação que eu passo. São a maiorias dos gerentes que são assim como tivessem que aceitar os novos para fazerem parte da equipe. Muitos desistiram, me ajudem por favor, pensei em procurar o sindicato ou regional não sei o que fazer estou desesperada.

Postar um comentário