4 de dez de 2009

ÉTICA X RACISMO



Este ano tomou posse nos EUA um presidente afro-descendente. Fato em si mesmo surpreendente, pois foi nos EUA que ocorreram momentos de enorme tensão racial. De um lado, leis alimentavam a discriminação racial e, de outro, personagens negros de maravilhosa coragem como Luther King e Rosa Parks agitavam a bandeira da real igualdade de direitos. Será que realmente conseguiram a vitória?

Eventos políticos como os de hoje refletem mudança de mentalidade do ser humano. Algo de novo está a surgir, malgrado a permanência de resquícios racistas no imaginário social do povo americano. O mesmo vale de nossa realidade. A cultura modifica-se por meio de trabalhos de conscientização.

No Brasil, vivemos experiência análoga com a escravidão dos negros até o final do século XIX. A Lei Áurea, porém, que a aboliu, não eliminou formas larvadas de racismo, embora menos perceptíveis não menos danosas.

A ética esta entrando em ação com leis criadas contra o racismo “que acredito não ser o suficiente” mas que vale a pena pelo menos começar. O grito ético está na consciência da dignidade do povo e de cada cidadão basta sabermos usá-lo.

0 comentários:

Postar um comentário